Província BRA apresenta Observatório Nacional de Justiça Socioambiental Luciano Mendes de Almeida


Em carta divulgada em 15 de setembro, o secretário para a Justiça Socioambiental da Província dos Jesuítas do Brasil (BRA), padre José Ivo Follmann, e o secretário executivo do OLMA, Luiz Felipe Lacerda, apresentaram oficialmente o Observatório Nacional de Justiça Socioambiental Luciano Mendes de Almeida – OLMA, que ficará alocado em Brasília (DF). Abaixo, confira a mensagem na íntegra:

 

OLMA – UM OBSERVATÓRIO QUE NASCE COMO REDE

Amigos e amigas, é com grande alegria que  trazemos a Boa Nova de um nascimento. Através de um movimento estrutural da Província dos Jesuítas do Brasil (BRA), buscando romper segmentariedades e promover a sinergia de ações e incidências, é que nasce, em 2016, o Observatório Nacional de Justiça Socioambiental Luciano Mendes de Almeida – OLMA.

Originário das Preferências Apostólicas da Companhia de Jesus no Brasil e de seu interesse pela promoção da justiça, que acontece através do reconhecimento do outro, do compromisso social e do cuidado ambiental, assumimos como prioritário a justiça com as populações em vulnerabilidade social e junto aos territórios ameaçados pelo desenvolvimento dos tempos atuais, como a Amazônia.

16-09-2016-observatorio-socioambientalO OLMA objetiva ser um núcleo potencializador de instituições e iniciativas com estes interesses em comum. Nesse sentido, propõe-se a contribuir na observação em profundidade das grandes questões emergentes da realidade conflitiva e contraditória, em vários âmbitos e territórios, desenvolvendo ações de documentação, sistematização, reflexão, formação e articulação de forma a colocar em sinergia todo o potencial acumulado na Rede Jesuíta e buscando, sobretudo, uma interlocução contínua com os diversos atores dentro e fora da Igreja.

Orientado pelo Plano Apostólico da Província dos Jesuías do Brasil, assim como pelo Marco de Orientação da Justiça Socioambiental desta mesma Província e amparado, sobretudo, no paradigma da Ecologia Integral, apresentado pela Encíclica Laudato Si’, o OLMA traz como missão ser um serviço em rede de informações, análises, ações educadoras e incidência na realidade brasileira em vista da promoção da justiça socioambiental. Para isso, o OLMA se inspira e presta tributo, em seu nome, a um homem santo, uma referência de entrega e entusiasmo na construção de um mundo mais justo e humano, dom Luciano, um jesuíta, ícone da Igreja e da história recente do Brasil.

O OLMA, com importante apoio da Província dos Jesuítas do Brasil, da Unicap (Universidade Católica de Pernambuco), da Plataforma Apostólica Centro Oeste e do Instituto Humanitas Unisinos – IHU, enquanto estrutura organizacional, conta com uma coordenação executiva composta por um secretário executivo, um coordenador local, em Brasília (DF), e um coordenador nacional, além de um Conselho de Coordenação, no qual todas as instituições de base da Rede Jesuíta do Brasil possuem assento garantido.

Portanto, convidamos Centros e Obras Sociais, Escolas, Universidades e Núcleos a darmos as mãos e de maneira cooperativa unirmos forças nessa missão de tornar mais justo e sustentável o mundo em que vivemos. O OLMA é um convite ao fortalecimento e à sinergia. O OLMA é de todos nós!

Brasília (DF), 15 de setembro de 2016

 

Pe. José Ivo Follmann, SJ                                          

Secretário para a Justiça Socioambiental

Província dos Jesuítas do Brasil – BRA

 

Luiz Felipe B. Lacerda

Secretário Executivo – OLMA

Centro Cultural de Brasília – CCB

 

*A edição de outubro do informativo Em Companhia trará mais informações sobre o OLMA, aguardem!