Em Cascavel, mulheres iniciam atividades no Centro Jesuíta de Cidadania e Ação Social


Em Cascavel (PR), o Centro Jesuíta de Cidadania e Ação Social (CJCIAS) deu início as suas atividades em 2018. No dia 5 de fevereiro, educadoras e funcionários se reuniram para acolher mais de 120 mulheres que, ao longo do ano, desenvolverão atividades de corte e costura, pintura, tricô, crochê e bordados, em 14 oficinas diferentes.

A acolhida é um importante momento, pois tem o objetivo de aproximar as mulheres da rotina e das atividades desenvolvidas pelo Centro Jesuíta de Cidadania e Ação Social. Nesse primeiro encontro, elas tiveram a oportunidade de conhecer melhor os funcionários da obra jesuíta e as características das oficinas que estão inscritas. Além disso, puderam vivenciaram momentos de convivência, partilha e de contato com a espiritualidade inaciana e suas principais características, por meio do Ofício Divino das Comunidades.

No encontro, as mulheres partilharam suas alegrias em poder estar presentes e ter a oportunidade de se aprofundarem nos conhecimentos ofertados pelo Centro. Muitas das participantes afirmaram que nunca tiveram tempo para pensar em si mesmas e desenvolverem atividades de aperfeiçoamento ou de lazer.

O Centro Jesuíta de Cidadania e Ação Social acolhe mulheres em situação de risco e vulnerabilidade social, oferecendo para elas a oportunidade de geração de renda e de tornarem-se protagonistas da própria história. Além das oficinas, a instituição ainda oferece palestras e formações direcionadas, exclusivamente, ao público atendido, como o caso de rodas de conversa sobre saúde da mulher, Cadastro Único, protagonismo feminino, dentre outros. Dessa forma, o CJCIAS segue seu propósito de integração sociocultural dessas mulheres, auxiliando-as para que possam acreditar em seu protagonismo e sua importância na vida dos demais.

 

Fonte: Centro Jesuíta de Cidadania e Ação Social (Cascavel/PR)