Pe. Lúcio Flávio professa últimos votos

Missa marcou a incorporação definitiva do jesuíta na Companhia de Jesus

Amigos, parentes e companheiros de missão lotaram a Capela da Unicap (Universidade Católica de Pernambuco) para prestigiar a missa que marcou a incorporação definitiva de padre Lúcio Flávio Ribeiro Cirne à Companhia de Jesus, no dia 26 de abril. O momento especial é chamado de Últimos Votos e representa a incorporação definitiva no Corpo Apostólico da Ordem religiosa.

A eucaristia reuniu todos os jesuítas que fazem parte da comunidade da Unicap e foi presidida pelo provincial dos Jesuítas do Brasil, padre João Renato Eidt. “Os Últimos Votos significam incorporação ao corpo apostólico, que hoje entendemos como sendo os jesuítas e todos aqueles que conosco, ou por meio do carisma inaciano, lutam a favor da vida, a favor do Anúncio e testemunho da Boa Nova”.

Ao final de sua fala, padre João Renato fez menção à personalidade solidária de padre Lúcio. “Que este dia te confirme cada vez mais nesta solidariedade e sensibilidade para com as pessoas. Que cada um de nós, irmãos e irmãs, possamos continuar a favor da vida, dando o melhor de nós”.

Quem também fez questão de expressar os sentimentos pelo convívio com padre Lúcio foi o reitor da Unicap, padre Pedro Rubens Ferreira de Oliveira. “Eu queria a agradecer a Deus. A Companhia nos tornou companheiros, mas a missão aqui na Unicap nos fez amigos. Agradeço o companheirismo, a amizade e o grande serviço que ele presta na mediação da Universidade que não será a mesma depois da passagem dele por aqui”.

Pe. Lúcio Flávio e a Ir. Silvia Quitéria

Logo depois, visivelmente emocionado, padre Lúcio fez questão de também agradecer a Deus, à Companhia, aos amigos e aos parentes que ali estavam, chegando a dizer o nome de um por um. Havia ainda as Irmãs Doroteias que tiveram participação na formação escolar dele, entre elas Silvia Quitéria, 85 anos, sua antiga professora de português. “Desde adolescente, Lúcio sempre foi muito responsável”.

Ele relembrou o início de sua história com a Companhia de Jesus. Mencionou ainda os tempos do Juniorado em João Pessoa (PB), quando conheceu o padre Adriano. Foi por meio dele que padre Lúcio leu os primeiros documentos da Ordem religiosa.

O jesuíta falou ainda sobre a relação com a Unicap, onde atua há nove anos. Mas esta fase como pró-reitor Comunitário não é a primeira dele na Universidade. Padre Lúcio já esteve na Católica em 1994. Ele atuou no antigo Colégio Nóbrega e na paróquia de Beberibe, em Olinda (PE). Antes de retornar, passou um período no Rio de Janeiro. Lá fez o doutorado, na PUC-Rio (Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeiro) e desenvolveu ações pastorais na comunidade da Rocinha. “Nove anos que têm sido uma confirmação dessa missão da Companhia a serviço da fé e promoção da justiça. Nessa missão, eu reitero e reafirmo o que é ser companheiro de Jesus”, disse ele se referindo à Unicap.

Além de pró-reitor Comunitário, padre Lúcio é coordenador do Instituto Humanitas Unicap que, entre outras ações, promove anualmente a Semana da Mulher na Unicap. Vários integrantes da equipe foram à missa. A professora do curso de Direito, Valdênia Brito, representou o grupo na entrega de um certificado simbólico de congratulações. “Nesse momento significativo de sua vida, em que definitivamente se consagra à Companhia de Jesus, nossas felicitações por tão sublime decisão e agradecimentos pelo companheirismo na construção de todo o trabalho em prol da reflexão e da luta sobre a condição da mulher na Unicap e na sociedade brasileira”, dizia o texto assinado pela equipe da Semana da Mulher na Unicap.

Ao final da missa, o clima era de confraternização. Todos queriam cumprimentar e abraçar padre Lúcio. A emoção tomou conta da família. “Foi um momento ímpar! A nossa mãe não está aqui mais nessa vida, mas para ela, foi um grande orgulho e satisfação ver o filho na primícia do Senhor”, disse o irmão de padre Lúcio, Vicente Ribeiro Cirne.

 

Fonte: Unicap (Recife/PE)