12ª Romaria do Padre Reus reúne fiéis em São Leopoldo (RS)


Foto: Arquivo/GES

O padre João Batista Reus nasceu em 10 de julho de 1868, em Pottenstein (Alemanha). Seus pais, João e Ana Margarida Reus, lhe deram primorosa educação religiosa. Aos 26 anos, ele decidiu ingressar na Companhia de Jesus e ao término de sua formação como jesuíta foi destinado a trabalhar no Brasil.

Em terras brasileiras, padre Reus foi pároco nas cidades gaúchas de Rio Grande, Porto Alegre e São Leopoldo, onde ficou conhecido por sua piedade e devoção. Por muitos anos, foi professor de teologia e orientador espiritual no Colégio Cristo Rei, em São Leopoldo.

Por conta dos milagres que lhe são conferidos, ao falecer, em 21 de julho de 1947, já contava com fama de santidade. Então, em 1958 seu processo de beatificação, que perdura até hoje, teve início. No dia 8 de julho, aconteceu a 12ª Romaria do Padre Reus, em São Leopoldo. Para mais detalhes sobre a peregrinação acesse a edição 24 do Boletim Informativo da Causa de Beatificação de Padre Reus.