Jesuítas que trabalham em paróquias, santuários e igrejas reúnem-se em Florianópolis


Nos dias 14 e 15 de maio, 19 jesuítas que trabalham em paróquias, santuários e igrejas pertencentes à Companhia de Jesus na região Sul do Brasil reuniram-se em Florianópolis (SC). Realizado anualmente, o encontro teve por objetivo possibilitar a partilha da vida e da missão, além de aprofundar as experiências de estarem unidos à realidade da Igreja local, com seus desafios e suas oportunidades. O Sínodo da Amazônia, que acontecerá em outubro próximo, e a Preferência Apostólica da Amazônia da Província dos Jesuítas do Brasil foram alguns dos temas tratados durante a reunião.

O evento contou ainda com as presenças do padre João Renato Eidt, provincial do Brasil, e do padre Jonas Caprini, secretário para Juventude e Vocações, que apresentou o Programa MAGIS Brasil aos presentes. “Falamos também a respeito da qualidade daquilo que estamos fazendo, a partir do Documento 100, Comunidade de Comunidades, da CNBB (Conferência Nacional dos Bispos do Brasil)”, contou padre José Laércio Lima, secretário para Paróquias, Igrejas, Santuários e Capelanias da Província dos Jesuítas do Brasil. Segundo ele, de modo geral, foi um momento profundo de encontros, orações, convivência e de animação para o cotidiano nas diversas missões confiadas a cada um dos participantes.

“A importância dessa reunião é fazer com que sintamos que não estamos caminhando sozinhos, somos um corpo apostólico. Desejamos nos adequar e melhor responder aos desafios do mundo atual”, ressalta padre José Laércio de Lima, acrescentando que: “Sozinho não conseguiremos, mas juntos sim, pois somos apoio e incentivo uns para os outros. É importante também que, nestes encontros, podermos partilhar a vida como companheiros de Jesus, enviados a um mundo cada vez mais polarizado e ao mesmo tempo que nos oferece uma grande oportunidade de exercer uma missão com qualidade e ousadia proféticas, como pastores jesuítas”. 

O próximo encontro da região Sul acontecerá em 2020, com a presença de leigos e leigas. E, ao longo de 2019, acontecerão outros encontros com jesuítas que atuam em paróquias, santuários e igrejas pertencentes à Companhia de Jesus em outras regiões do Brasil.