Semana da Matemática proporciona aprendizagens e troca de experiências

Por meio de atividades lúdicas, o evento envolveu os estudantes do Colégio dos Jesuítas

Na Semana da Matemática, as turmas das Unidades I, II e III participaram de atividades diversificadas, que proporcionaram aprendizagens e trocas de experiências entre os estudantes. A programação contou com Atividades Lúdicas, Jogos, Quiz, Simulação de Feira Livre, Mercado Pedagógico, Tangram, Mangahigh, Exibição de filme, Aula Híbrida, Histórias, Censo Estudantil, Oficinas e Palestras.

No primeiro dia da Semana, estudantes da Pré-escola II participaram de uma aula dinâmica na área de convivência do Colégio, para explorar jogos que estimulam a aprendizagem, como amarelinha, xadrez e “resta um”. Na ocasião, as educadoras explicaram às crianças, de forma lúdica e didática, as regras de cada jogo.

No 1º ano do Ensino Fundamental, as turmas estudaram raciocínio lógico, quantidade, compra, venda, dúzia e dezena, por meio de uma Feira de Frutas, organizada no corredor da série.

A Oficina Cubo de Rubik/Cubo Mágico, promovida pelo professor Cristiano Campos Donado, envolveu estudantes do 8º ano. Segundo o educador, organizados em grupos, eles aprenderam algoritmos da execução do cubo.

Diversão, aprendizagem e conhecimento

Das atividades realizadas na Semana da Matemática, a preferida do estudante do 4º ano do Ensino Fundamental, Théo Lopes Ramos, foi o “Desafio da Estimativa”. Ele conta que não é muito “fã” da disciplina (Matemática), mas que se esforça para tirar boas notas. “As atividades da Semana foram bem divertidas. Aprender por meio de jogos é bem mais legal”, destaca Théo.

Durante a Semana da Matemática, estudantes da 2ª e 3ª séries do Ensino Médio e seus pais/responsáveis foram convidados a participar da palestra “Os princípios da TRI: por que desempenhos parecidos no ENEM geram resultados diferentes?”. Na ocasião, o Supervisor do Banco de Itens do CAEd/UFJF (Centro de Políticas Públicas e Avaliação da Educação, da Universidade Federal de Juiz de Fora, Ailton Fonseca Galvão, explicou sobre o sistema adotado pelo Inep (Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira) para corrigir e classificar a pontuação das questões do exame.

Elisa Franck de Paula, da 3ª série do Ensino Médio, conta que a palestra eliminou suas dúvidas sobre o assunto. “Eu já tinha ouvido falar sobre a TRI por meio dos professores, mas ainda não tinha conseguido entender. Para nos ajudar a compreender o sistema, durante a palestra, foram apresentados diversos exemplos. Com esses conhecimentos adquiridos, estou mais preparada para ‘encarar’ o ENEM”, finaliza a estudante.

Clique aqui para acessar o álbum de fotos do evento.

 

Fonte: Colégio dos Jesuítas (Juiz de Fora / MG)