Secretariado Social da Companhia de Jesus completa 50 anos


Fruto de preocupações e prioridades antigas na Companhia de Jesus, o Secretariado Social, com as configurações que hoje conhecemos, completa 50 anos. Baseando-se em orientações dos Superiores Gerais, de diferentes épocas, Pe. João Batista Janssens e Pe. Pedro Arrupe, os jesuítas entenderam a necessidade de estarem atentos à organização efetiva de ações que incidam na transformação das estruturas sociais.

A implementação do Secretariado permitiu uma dedicação organizada aos trabalhos sociais realizados pelos jesuítas e suas obras, além da oportunidade de analisá-los, formulá-los e pensar novas ações com maior eficiência. As ideias que começaram com centros sociais de pesquisa e reflexão, hoje integram um esforço para a constituição de uma rede de apoios mútuos de abrangência internacional.

Preocupada com soluções integrais e sob a influência da Encíclica Laudato Si’ (2015), a Companhia de Jesus compreende suas ações “pensando a justiça social e a justiça ambiental de uma forma integrada, na busca de cura da humanidade, através da Justiça Socioambiental, sob o paradigma de uma Ecologia Integral”.

Os objetivos de celebrar estes 50 anos são: reavivar a gratidão a Deus por todas as bênçãos e graças acumuladas ao longo deste tempo, reforçar as articulações de trabalhos em rede e impulsionar a realização das Preferências Apostólicas Universais da Companhia, a partir de todas as obras e pessoas envolvidas neste setor e dimensão apostólica. 

 

Para saber detalhes que marcaram a história do Secretariado, confira a síntese das celebrações.